Construir um jardim vertical: dicas de bricolage para principiantes

 Construir um jardim vertical: dicas de bricolage para principiantes

Timothy Ramirez

A construção de um jardim vertical é a melhor forma de dar altura à sua paisagem, mas há muitos aspectos a ter em conta quando se trata de desenhá-lo. Neste post, vou mostrar-lhe como fazer um jardim vertical e dar-lhe toneladas de dicas fáceis de design de jardim vertical DIY para começar.

Se quer fazer o seu próprio jardim vertical, então está no sítio certo! A jardinagem vertical tornou-se muito popular nos últimos anos e criar um jardim vertical é muito divertido.

O que mais gosto no cultivo vertical é o facto de poder usar a minha criatividade para cultivar plantas de formas divertidas e únicas. Não existem regras rígidas e rápidas para construir um jardim vertical, o que significa que as nossas opções são basicamente ilimitadas.

A seguir, vou mostrar-lhe como criar um jardim vertical e dar-lhe toneladas de dicas simples de design de jardins verticais DIY para começar.

Como construir um jardim vertical

Para evitar qualquer gafe épica na jardinagem, é uma boa ideia elaborar um plano antes de começar a construir um jardim vertical.

Os jardins verticais devem ser um complemento fantástico para a paisagem e não um obstáculo para a vista.

Também quer garantir que as suas plantas crescerão o melhor possível, serão fáceis de colher e manter e que as estruturas se adaptarão perfeitamente ao tamanho das plantas que quer cultivar.

O mais importante é não se sobrecarregar. Se é novato na jardinagem, comece por adicionar uma ou duas estruturas ao seu jardim. Quando apanhar o jeito, pode construir mais jardins verticais.

Dicas de design de jardins verticais DIY

Quando se começa a pensar em todos os diferentes tipos de sistemas e suportes de jardinagem vertical que se podem utilizar, é fácil ser apanhado pelo entusiasmo e esquecer-se de pensar na prática.

Mas é importante escolher o tipo certo de estrutura para cada uma das plantas que pretende cultivar e para o tamanho e estilo do seu jardim.

Seguem-se alguns aspectos essenciais a ter em conta na conceção do seu jardim vertical "faça você mesmo".

É possível construir um jardim vertical em qualquer lugar, mesmo num telhado

O que é que quer cultivar?

Antes de se entusiasmar e começar apressadamente a construir jardins verticais por todo o lado, pense primeiro nos tipos de plantas que quer cultivar.

Vai plantar flores ou legumes? Quer cultivar plantas trepadeiras em latadas, ou será que as plantas mais pequenas num jardim vertical de contentores funcionam melhor no seu espaço?

Por exemplo, pode pensar que um arco ficaria incrível à entrada do seu jardim, mas se nunca cultivar plantas trepadeiras para o cobrir, pode acabar por parecer um disparate se ficar ali vazio.

Da mesma forma, uma parede viva vertical pode não ser muito útil se já tiver um grande terreno de jardim com muito espaço para cultivar o que quiser.

Por isso, o primeiro passo é fazer uma lista dos tipos de plantas que pretende cultivar. Depois, pode começar a pensar nas estruturas verticais que funcionariam melhor para essas plantas específicas. Saiba mais sobre como escolher as melhores plantas de jardim vertical aqui.

Colocação

Ao planear o seu jardim vertical DIY, pense no local onde o quer construir para que não cause problemas. Por exemplo, estruturas altas colocadas no extremo sul de um terreno de jardim podem acabar por sombrear o resto do jardim.

A colocação é também uma consideração importante para os jardins suspensos. Uma vedação ou muro virado a norte irá sombrear os bolsos verticais do muro ou as molduras vivas penduradas no mesmo.

Por isso, não se esqueça de ter em conta a exposição solar da zona onde pretende construir um jardim vertical. Dessa forma, saberá que haverá luz solar adequada para as suas plantas e que não criará involuntariamente sombra noutras partes do seu jardim.

Estilo jardim

Outra coisa a ter em conta ao conceber um jardim vertical DIY é o estilo do seu espaço de jardim ou paisagismo existente. Os suportes verticais não são apenas funcionais, são também elementos decorativos no jardim.

Se o estilo do seu jardim for informal e descontraído, as estruturas imponentes, como os caramanchões ou os obeliscos, podem ser demasiado prepotentes. Por outro lado, uma tenda rústica feita de ramos ou uma treliça de bambu feita à mão podem parecer estranhas num jardim formal.

Por isso, não se esqueça de conceber jardins verticais que se enquadrem no estilo do seu espaço existente. Dessa forma, encaixam-se perfeitamente e contribuem para a beleza do seu jardim, em vez de parecerem desajeitados e deslocados.

Considere o estilo do seu jardim durante a conceção do jardim vertical DIY

Proporção & amp; Escala

Antes de construir um jardim vertical, é crucial pensar na escala e na proporção. É necessário garantir que o tamanho da estrutura que planeia utilizar é proporcional ao tamanho da planta. Por isso, certifique-se de que sabe qual o tamanho que uma planta irá crescer antes de escolher uma estrutura vertical para ela.

Veja também: Remédios caseiros para as algas do lago e como manter a água do lago limpa

Por exemplo, cultivar trepadeiras de 3,5 metros de comprimento numa treliça de 1,5 metros de altura será excessivo. Da mesma forma, colocar plantas grandes em pequenas bolsas verticais na parede pode acabar por ser desastroso quando as plantas atingirem o seu tamanho máximo.

Por outro lado, se quiser plantar pequenas trepadeiras que só crescem até alguns metros de comprimento, então um grande arco ou caramanchão de jardim será supérfluo.

Para além da proporção do suporte em relação ao tamanho das plantas que pretende cultivar, pense na escala do seu jardim vertical DIY no espaço existente.

Colocar algo alto como uma pérgola no meio de um jardim minúsculo irá provavelmente sobrecarregar o espaço, ao passo que pendurar uma ou duas pequenas molduras de quadros vivos no meio de uma enorme parede vazia pareceria igualmente desproporcionado.

Utilize estruturas de tamanho adequado para construir o seu próprio jardim vertical

Temporário ou permanente

Ao planear o seu jardim vertical de bricolage, pense na forma como as estruturas que escolher se enquadram nos seus planos a longo prazo.

Os grandes suportes, como um caramanchão ou uma pérgola, tornar-se-ão elementos permanentes na paisagem, enquanto os mais pequenos, como um alpendre ou uma armação, podem ser facilmente deslocados após cada estação de jardinagem.

Isto é especialmente importante para a rotação de culturas na horta. Quando se pode deslocar os suportes verticais, a rotação de culturas torna-se muito mais fácil.

Altura

A altura máxima que uma trepadeira pode atingir é diferente consoante o tipo de planta. Algumas trepadeiras são curtas, crescendo apenas alguns metros de altura. Outras trepadeiras podem crescer o suficiente para alcançar o topo das árvores. Ou pode cultivar trepadeiras em qualquer lugar entre estes dois extremos.

Uma pequena gaiola de arame ou uma treliça em leque são suficientes para o cultivo de trepadeiras curtas, mas as trepadeiras mais compridas precisam de um suporte muito mais alto.

Considere a altura da estrutura antes de fazer um jardim vertical

Força & amp; Peso

Uma das coisas mais importantes a ter em conta ao conceber o seu jardim vertical DIY é a resistência e o peso. Quando as plantas trepadeiras de grande porte atingem a maturidade, podem tornar-se muito pesadas, o que é especialmente verdade no caso dos legumes cheios de produtos.

Não é desejável que um suporte se desmorone sob o peso de plantas trepadeiras pesadas. Por isso, certifique-se de que escolhe uma estrutura suficientemente robusta para suportar o peso total da planta adulta.

O peso é também um aspeto importante a ter em conta para os jardins suspensos. A terra nestes recipientes torna-se muito pesada quando está molhada.

Por isso, tenha em conta o peso que os seus recipientes vão ter depois de plantados e saturados de água. Em seguida, certifique-se de que o local onde tenciona pendurá-los, especialmente numa parede ou vedação, é suficientemente forte para suportar todo esse peso extra.

Certifique-se de que o suporte é suficientemente forte quando criar um jardim vertical

Facilidade de colheita

A colheita é geralmente mais fácil numa horta vertical, mas a escolha do tipo errado de suporte pode, na verdade, torná-la mais difícil.

Alguns tipos de estruturas, como os obeliscos estreitos ou as treliças de cordas complexas, podem dificultar a colheita. Estas estruturas compactas mantêm as videiras num aglomerado apertado, o que torna mais difícil encontrar e alcançar os frutos que crescem no centro do suporte.

As estruturas altas também podem dificultar a colheita dos legumes. Tirar um escadote uma ou duas vezes para colher colheitas como uvas ou lúpulo não é um grande problema, mas carregar o escadote para a horta diariamente não é muito prático para a maioria dos jardineiros.

Pense na facilidade de colheita quando construir um jardim vertical

A conceção de um jardim vertical "faça você mesmo" não é difícil, e é divertido elaborar um plano. Mas há alguns aspectos a ter em conta antes de construir um jardim vertical. Independentemente do que decidir criar, lembre-se de começar com pouco para não ficar sobrecarregado.

Veja também: O que é a recolha de água da chuva (e como começar)

Se está interessado em aprender a construir uma horta vertical, então o meu novíssimo livro Vertical Vegetables é perfeito para si! Vai ensiná-lo a fazer uma horta vertical, além de ter quase duas dúzias de projectos passo-a-passo que pode construir para a sua própria horta.

Saiba mais sobre o meu novo livro Vertical Vegetables aqui.

Mais sobre a jardinagem vertical

    Partilhe as suas dicas de conceção de jardins verticais DIY na secção de comentários abaixo!

    Timothy Ramirez

    Jeremy Cruz é um ávido jardineiro, horticultor e o talentoso autor por trás do popular blog Get Busy Gardening - DIY Gardening For The Beginner. Com mais de uma década de experiência no campo, Jeremy aperfeiçoou suas habilidades e conhecimentos para se tornar uma voz confiável na comunidade de jardinagem.Crescendo em uma fazenda, Jeremy desenvolveu um profundo apreço pela natureza e um fascínio pelas plantas desde tenra idade. Isso gerou uma paixão que acabou levando-o a se formar em Horticultura em uma universidade de prestígio. Ao longo de sua jornada acadêmica, Jeremy adquiriu uma sólida compreensão de várias técnicas de jardinagem, princípios de cuidado com as plantas e práticas sustentáveis ​​que agora compartilha com seus leitores.Depois de concluir sua educação, Jeremy embarcou em uma carreira gratificante como horticultor profissional, trabalhando em renomados jardins botânicos e empresas de paisagismo. Essa experiência prática o expôs a uma gama diversificada de plantas e desafios de jardinagem, o que enriqueceu ainda mais sua compreensão do ofício.Motivado por seu desejo de desmistificar a jardinagem e torná-la acessível aos iniciantes, Jeremy criou Get Busy Gardening. O blog serve como um recurso abrangente repleto de conselhos práticos, guias passo a passo e dicas valiosas para quem está iniciando sua jornada de jardinagem. O estilo de escrita de Jeremy é altamente envolvente e relacionável, tornando complexoconceitos fáceis de entender mesmo para aqueles sem qualquer experiência anterior.Com seu comportamento amigável e paixão genuína por compartilhar seu conhecimento, Jeremy conquistou seguidores leais de entusiastas da jardinagem que confiam em sua experiência. Por meio de seu blog, ele inspirou inúmeras pessoas a se reconectar com a natureza, cultivar seus próprios espaços verdes e experimentar a alegria e a satisfação que a jardinagem traz.Quando ele não está cuidando de seu próprio jardim ou escrevendo postagens de blog cativantes, Jeremy pode frequentemente ser encontrado liderando workshops e falando em conferências de jardinagem, onde ele transmite sua sabedoria e interage com outros amantes de plantas. Quer ele esteja ensinando iniciantes a semear suas primeiras sementes ou aconselhando jardineiros experientes sobre técnicas avançadas, a dedicação de Jeremy em educar e capacitar a comunidade de jardineiros brilha em todos os aspectos de seu trabalho.