Como corrigir problemas comuns de mudas

 Como corrigir problemas comuns de mudas

Timothy Ramirez

Os problemas com as plântulas são super frustrantes e muitas vezes ficamos a pensar "Porque é que as minhas plântulas continuam a morrer?". Não se preocupe, eu tenho as soluções para os seus problemas de arranque de sementes! Neste post, vou dar-lhe soluções detalhadas e toneladas de ajuda com as plântulas, para que possa finalmente parar de se debater.

Socorro! Porque é que as minhas mudas estão a morrer? Esta é uma das perguntas mais comuns que recebo dos jardineiros quando estão a começar as sementes dentro de casa.

Se isto lhe soa familiar e precisa de ajuda com as mudas, então veio ao sítio certo.

Este guia detalhado de resolução de problemas irá ajudá-lo a descobrir porque é que as suas plântulas estão a ter dificuldades (ou pior, a cair e a morrer) e dar-lhe-á imensas dicas sobre como resolver problemas comuns de arranque de sementes.

Os problemas mais comuns no arranque das sementes

Se está a ter dificuldades em cultivar sementes dentro de casa, não está sozinho. Todos nós já passámos por isso e todos os que já começaram a cultivar sementes dentro de casa tiveram problemas com as plântulas (mesmo os especialistas experientes!).

Não se preocupe, muitos destes problemas podem ser facilmente resolvidos com alguns pequenos ajustes.

Nas secções de resolução de problemas abaixo, entrarei em pormenores sobre as causas e soluções, e dar-lhe-ei toneladas de ajuda com as plântulas.

Plântulas saudáveis a crescer dentro de casa

Problemas de mudas, causas e soluções

A boa notícia é que a maior parte destes problemas comuns das plântulas são facilmente solucionáveis, mas terá de agir muito rapidamente para salvar as suas plântulas.

Então, agora vamos aprofundar o ajuda com as mudas Em seguida, vou explicar-lhe cada um dos problemas acima referidos, identificando as principais causas e as respectivas soluções.

Plântulas de pernas esticadas à procura de luz

1. mudas que caem e morrem depois de brotar

Provavelmente a maior frustração para os jardineiros é quando as suas plântulas tombam na base e morrem sem aviso.

O amortecimento é a causa mais comum de morte das plântulas depois de brotarem.

Infelizmente, o amortecimento é tão rápido que não há forma de os salvar quando caem.

A melhor maneira de o impedir é evitar que aconteça em primeiro lugar. Aqui estão as causas comuns do amortecimento das plântulas e as suas soluções.

Porque é que as minhas plântulas estão a cair e a morrer (e como resolver o problema)?

  • Utilização de um tipo de solo incorreto Solução : Utilizar sempre um meio de cultura de qualidade ou turfa em pellets. Não utilizar terra para vasos ou terra de jardim normal. E nunca, nunca reutilizar a terra ou os pellets.
  • O equipamento não estava esterilizado - Solução Desinfetar todos os tabuleiros de sementes, células de plástico, tampas de cúpula e vasos de plástico sujos, mergulhando-os numa solução de uma parte de lixívia para nove partes de água.
  • Ventilação insuficiente - Solução Remover as tampas de plástico da cúpula quando as sementes tiverem germinado. Manter uma ventoinha oscilante sobre as plântulas para garantir uma boa ventilação.
  • Solo demasiado húmido - Solução Rega: Não regue as suas plantas se o solo já estiver molhado ou encharcado. Nunca deixe os recipientes de molho durante longos períodos de tempo. Utilize um medidor de humidade para saber quando regar.
  • Rega a partir do topo - Solução A melhor maneira de regar as suas plântulas é a partir do fundo, deitando a água no tabuleiro e deixando que a terra a absorva a partir do fundo. Esvazie a água que não tiver sido absorvida após 30 minutos.
A reutilização de tabuleiros sujos pode causar grandes problemas no arranque das sementes

2) Plântulas que ficam amarelas, castanhas ou com folhas desbotadas

Quando as folhas das plântulas ficam castanhas, amarelas, brancas ou com um aspeto baço e desbotado, é um sinal claro de que algo está errado.

Na maioria das vezes, é possível salvá-los, mas é preciso agir rapidamente para que sobrevivam.

Quando se nota que as folhas das plântulas começaram a desvanecer-se ou a mudar de cor, é importante descobrir o que está errado e corrigi-lo rapidamente.

Muitas vezes é possível salvá-las, mas se os danos forem graves, algumas mudas podem não se recuperar.

Estas são as causas mais comuns de folhas descoloridas ou desbotadas, e as soluções para salvar as suas plântulas...

Porque é que as minhas plântulas estão a ficar amarelas, brancas ou castanhas (e como corrigi-las)?

  • Plântula com excesso de água - Solução Um medidor de humidade é uma óptima ferramenta para o ajudar a dar-lhes a quantidade perfeita.
  • Queima de fertilizantes - Solução Os adubos sintéticos são famosos por queimarem as mudas delicadas. Prefira um adubo natural e orgânico em vez de usar produtos químicos. E não se esqueça de seguir sempre as instruções da embalagem.
  • Queimaduras solares - Solução : Afastar imediatamente as suas plântulas do sol (as queimaduras solares graves são geralmente fatais para as plântulas). Certificar-se sempre de as endurecer adequadamente antes de as levar para o exterior ou para a luz solar direta.
  • Tipo de solo incorreto - Solução Se utilizar o solo errado para iniciar as sementes, estas podem não estar a receber os nutrientes de que necessitam. Utilize sempre uma mistura de qualidade para obter os melhores resultados.
A utilização de um solo de qualidade ajuda a evitar problemas comuns nas plântulas

3. mudas fracas e pernaltas

Se as plântulas não receberem luz suficiente, esticar-se-ão para a fonte de luz mais brilhante que estiver por perto (normalmente uma janela).

Este é definitivamente um dos maiores problemas com as plântulas que crescem dentro de casa, e também um dos mais fáceis de resolver.

No entanto, se não corrigir o problema que está a fazer com que os caules das plântulas cresçam altos e pernaltas, não demorará muito até que fiquem demasiado fracos para recuperar.

Se as suas plântulas cresceram tanto que estão a cair... então é provavelmente demasiado tarde para as salvar.

Aqui estão as principais causas de mudas fracas e com pernas, e como corrigi-las. Aprenda tudo sobre iluminação e como usar luzes de cultivo aqui.

Porque é que as minhas plântulas estão pernaltas (e como as salvar)?

  • As plântulas não estão a receber luz suficiente - Solução A luz de crescimento deve ser colocada de forma a estar sempre a 5 a 10 cm acima das plantas e deve ser mantida acesa durante 12 a 14 horas por dia. Pode comprar um sistema de luz de crescimento ou fazer o seu próprio sistema usando uma luminária fluorescente e lâmpadas de crescimento para plantas.
  • As plântulas estão sobrelotadas - Solução Desbaste as suas plântulas, cortando as mais fracas na base, de modo a que fique apenas uma por célula ou pelota (nunca as arranque). Se elas tiverem ultrapassado as pequenas células, é altura de as transplantar para os seus próprios vasos.
Fixar as plântulas com pernas, colocando-as sob luzes

4. crescimento de bolor nos tabuleiros de sementes

O bolor cresce normalmente em cima do solo, mas também pode crescer nas plântulas. O bolor não é diretamente a causa da morte das plântulas, é um sintoma de outros problemas mais graves das plântulas.

E se esses problemas não forem resolvidos, as suas plântulas provavelmente não sobreviverão por muito tempo.

Não é o bolor que vai matar as suas plântulas... é com o(s) problema(s) que está(ão) a causar o bolor que tem de se preocupar. Quando resolver o(s) problema(s), o bolor morre.

A seguir, apresentamos as causas e como corrigi-las. Pode aprender mais sobre como se livrar do bolor nas plântulas e no solo aqui.

Porque é que está a crescer bolor nos meus tabuleiros de sementes (e como me livrar dele)?

  • Plântula com excesso de água - Solução Rega: Certifique-se de que o solo nunca está encharcado ou constantemente molhado e tente deixar a camada superior secar um pouco mais. Regue a partir de baixo e não por cima. Utilize um medidor de humidade para saber sempre quando é altura de lhe dar mais.
  • Plântulas sobrelotadas - Solução Desbaste as suas plântulas de modo a que haja apenas uma por célula ou pelota. Caso contrário, coloque-as em vasos se tiverem crescido mais do que o seu tabuleiro.
  • Pouca circulação de ar - Solução Um ventilador oscilante deve ser colocado sobre as suas plântulas para lhes dar um fluxo de ar abundante e ajudar a secar o solo encharcado.
Uma ventoinha a soprar sobre as plântulas ajuda a evitar problemas

5. insectos minúsculos que voam à volta das plântulas

Os mosquitos dos fungos (também conhecidos como mosquitos do solo) são pequenos insectos que põem os seus ovos no solo, e são uma praga comum dentro de casa. Vê-los-á a voar à volta das plântulas ou a rastejar no solo.

Veja também: Tudo o que precisa de saber sobre como cuidar das bromélias

Normalmente, são apenas um incómodo e não danificam nem matam as plântulas se forem mantidas sob controlo. Ver alguns a voar não é, normalmente, um grande problema.

Mas são um sinal de um problema maior. Por isso, se a infestação for grave, é preciso agir rapidamente para salvar as mudas. Há uma coisa principal que faz com que elas infestem as bandejas de mudas...

Porque é que há insectos a voar à volta das minhas mudas (e como me livrar deles)?

  • O solo está demasiado húmido - Solução Regar os tabuleiros a partir do fundo, de modo a que a parte superior da terra permaneça seca ao toque. O envasamento das suas plântulas facilitará o controlo do nível de humidade e a eliminação dos mosquitos dos fungos. Pendure armadilhas adesivas amarelas perto das suas plântulas para ajudar a controlar os adultos. Guarde toda a terra não utilizada num recipiente hermético.
Utilizar armadilhas adesivas amarelas para controlar os problemas de insectos nas plântulas

6) As plântulas não crescem, ou crescem lentamente

Por vezes, as plântulas podem crescer muito, muito lentamente, ou parecem parar de crescer. Tenha em mente que alguns tipos de plântulas crescem muito mais depressa do que outras, e isso é perfeitamente normal.

As plântulas de crescimento rápido podem obter folhas verdadeiras no espaço de uma semana após a germinação, enquanto que outras não as desenvolverão durante várias semanas.

Por isso, se as suas plântulas ainda não têm folhas verdadeiras, dê-lhe mais tempo. No entanto, existem alguns problemas que podem atrasar ou travar o crescimento...

Por que é que as minhas plântulas estão a crescer tão lentamente (e como resolver o problema)?

Veja também: Como cuidar da figueira-da-índia (Ficus lyrata)
  • A temperatura ambiente é demasiado fria - Solução: O crescimento das plântulas pode ser retardado se estiver demasiado frio em sua casa. Se a temperatura for inferior a 65°F, tente mantê-las quentes utilizando um aquecedor de ambiente ou um tapete térmico.
  • Luz insuficiente - Solução: A iluminação inadequada é outra coisa que pode retardar o crescimento das plântulas. É melhor mantê-las sempre sob luzes de cultivo, porque uma janela ensolarada por si só não será suficiente.
  • Falta de nutrientes - Solução: A nutrição é muito importante para que as plântulas sejam saudáveis. Assim que as primeiras folhas verdadeiras aparecerem, comece a alimentá-las. Recomendo a utilização de um fertilizante orgânico inicial, chá de composto líquido ou emulsão de peixe.
  • Rega inadequada - Solução: A rega excessiva ou insuficiente também pode fazer com que as plântulas cresçam mais lentamente. Por isso, é muito importante mantê-las sempre uniformemente húmidas. Recomendo que adquira um medidor de humidade e que as verifique regularmente para saber exatamente quando regar.

7) Folhas de plântulas que se enrolam para cima, para baixo ou caídas

Plântulas caídas e folhas enroladas são ambas indicações de que algo está definitivamente errado e devem ser corrigidas o mais rapidamente possível.

A falta de rega, os insectos ou a queima de fertilizantes são os três principais culpados - todos eles podem matar rapidamente as plântulas.

Assim que notar que as folhas estão a descair ou a enrolar, olhe mais de perto. Se vir teias nas folhas, entre as articulações das folhas, ou pequenos insectos nas folhas, então é provável que sejam ácaros.

Eis as causas da queda das plântulas ou do enrolamento das folhas e as suas soluções...

Porque é que as folhas das minhas plântulas estão a enrolar ou a cair (e como as salvar)?

  • Rega insuficiente - Solução: Nunca deixe o solo secar completamente. Uma rega insuficiente e constante pode enfraquecer ou matar as plântulas. Se verificar que estão secas, regue-as imediatamente. As plântulas gravemente desidratadas podem não recuperar.
  • Ácaros da aranha - Solução: Estes ácaros minúsculos podem matar as plântulas muito rapidamente, por isso é importante agir rapidamente! Aumente o nível de humidade nebulizando-as ou colocando-as numa estufa interior. Também pode usar óleo de neem ou sabão inseticida para ajudar a livrar-se deles (não se esqueça de testar primeiro numa plântula antes de pulverizar todas).
  • Queima de fertilizantes químicos - Solução: Em vez de utilizar um adubo sintético, que pode causar danos graves às plântulas, utilize um adubo orgânico. Recomendo chá de composto, emulsão de peixe ou um adubo orgânico inicial.
Cultivo de plântulas fortes e saudáveis

Dicas para cultivar mudas fortes e saudáveis

O melhor conselho que lhe posso dar para ajudar com as plântulas é tentar o seu melhor para evitar que os problemas aconteçam em primeiro lugar.

Muitos destes problemas podem ser resolvidos, mas algumas mudas não podem ser salvas e terá de começar tudo de novo (ugh!).

A boa notícia é que não é difícil cuidar das plântulas, e há apenas algumas coisas importantes a ter em conta...

  • Esterilize todos os seus tabuleiros e outros equipamentos sempre que os utilizar
  • Utilizar sempre uma terra para vasos de plantas de boa qualidade
  • Manter o solo das plântulas sempre húmido, mas nunca encharcado
  • Regue as suas plântulas a partir de baixo e não de cima
  • Adquira algumas luzes de cultivo e um temporizador de tomada, e dê sempre às plântulas a quantidade adequada de luz
  • Assegurar uma ventilação e um fluxo de ar adequados à volta das suas plântulas

Leia tudo sobre como cultivar plântulas fortes e saudáveis no meu guia definitivo de cuidados com as plântulas.

Não se sinta mal se já teve algum (ou todos) destes problemas com as plântulas, todos nós já passámos por isso. É melhor evitá-los todos juntos, e a prevenção é o passo mais importante que pode dar.

Uma vez que tenha apanhado o jeito para resolver os problemas das plântulas, conseguirá facilmente mantê-las saudáveis. Mas claro, se precisar de mais ajuda com as plântulas, estou sempre aqui para si!

Se está cansado de se esforçar e quer aprender a cultivar qualquer planta que queira a partir de sementes, inscreva-se no meu curso online de arranque de sementes. É um curso maravilhoso, divertido e autónomo que lhe ensinará tudo o que precisa de saber para cultivar facilmente as suas próprias sementes. Inscreva-se e comece hoje mesmo!

Ou, se só precisa de uma atualização rápida para começar dentro de casa, então o meu eBook Starting Seeds Indoors é para si! É um guia de início rápido que o fará plantar sementes num instante.

Mais posts sobre cuidados com as mudas

    Partilhe as suas dicas para resolver problemas com as plântulas ou peça mais ajuda na secção de comentários abaixo.

    Timothy Ramirez

    Jeremy Cruz é um ávido jardineiro, horticultor e o talentoso autor por trás do popular blog Get Busy Gardening - DIY Gardening For The Beginner. Com mais de uma década de experiência no campo, Jeremy aperfeiçoou suas habilidades e conhecimentos para se tornar uma voz confiável na comunidade de jardinagem.Crescendo em uma fazenda, Jeremy desenvolveu um profundo apreço pela natureza e um fascínio pelas plantas desde tenra idade. Isso gerou uma paixão que acabou levando-o a se formar em Horticultura em uma universidade de prestígio. Ao longo de sua jornada acadêmica, Jeremy adquiriu uma sólida compreensão de várias técnicas de jardinagem, princípios de cuidado com as plantas e práticas sustentáveis ​​que agora compartilha com seus leitores.Depois de concluir sua educação, Jeremy embarcou em uma carreira gratificante como horticultor profissional, trabalhando em renomados jardins botânicos e empresas de paisagismo. Essa experiência prática o expôs a uma gama diversificada de plantas e desafios de jardinagem, o que enriqueceu ainda mais sua compreensão do ofício.Motivado por seu desejo de desmistificar a jardinagem e torná-la acessível aos iniciantes, Jeremy criou Get Busy Gardening. O blog serve como um recurso abrangente repleto de conselhos práticos, guias passo a passo e dicas valiosas para quem está iniciando sua jornada de jardinagem. O estilo de escrita de Jeremy é altamente envolvente e relacionável, tornando complexoconceitos fáceis de entender mesmo para aqueles sem qualquer experiência anterior.Com seu comportamento amigável e paixão genuína por compartilhar seu conhecimento, Jeremy conquistou seguidores leais de entusiastas da jardinagem que confiam em sua experiência. Por meio de seu blog, ele inspirou inúmeras pessoas a se reconectar com a natureza, cultivar seus próprios espaços verdes e experimentar a alegria e a satisfação que a jardinagem traz.Quando ele não está cuidando de seu próprio jardim ou escrevendo postagens de blog cativantes, Jeremy pode frequentemente ser encontrado liderando workshops e falando em conferências de jardinagem, onde ele transmite sua sabedoria e interage com outros amantes de plantas. Quer ele esteja ensinando iniciantes a semear suas primeiras sementes ou aconselhando jardineiros experientes sobre técnicas avançadas, a dedicação de Jeremy em educar e capacitar a comunidade de jardineiros brilha em todos os aspectos de seu trabalho.